Psicologia Positiva valoriza e potencializa suas qualidades

Personare_Psicologia Positiva

Por Andréa Perez, membro da equipe Sati Education
[ Fonte: http://www.personare.com.br/psicologia-positiva-valoriza-e-potencializa-suas-qualidades-m6749 ]

Diversas organizações, comunidades e instituições, assim como profissionais, estudiosos e pesquisadores de diversas áreas do conhecimento vêm acompanhando de olhos atentos o movimento da Psicologia Positiva. Instituída em 1998, quando Martin Seligman assumiu a presidência da Associação Americana de Psicologia, a Psicologia Positiva resgata duas missões da Psicologia que não receberam atenção depois da Segunda Guerra Mundial:
  • tornar a vida das pessoas mais produtiva e cheia de satisfação;
  • identificar e desenvolver talentos.

Devido aos traumas ocorridos com os ex-combatentes, houve um grande investimento nos estudos e pesquisas sobre transtornos e patologias psicológicas, enfatizando a terceira missão da Psicologia: curar doenças mentais – o que gerou muitas contribuições neste segmento. Contudo, as facetas do ser humano que diziam respeito às suas qualidades e a uma vida significativa e feliz acabaram sendo deixadas em segundo plano.

A Psicologia Positiva é alicerçada em três pilares: emoções positivas, instituições positivas e qualidades humanas. E incontáveis pesquisas vêm sendo desenvolvidas com investimento de milhões de dólares, com pesquisadores renomados, para trazer, ao estudo do que os seres humanos têm de positivo, um caráter absolutamente científico e, acima de tudo, com resultados confiáveis e com benefícios que favorecem uma vida ótima e mais significativa.

Foco deve ser nas qualidades, não nas dificuldades

O pilar das qualidades humanas, para o qual já foram desenvolvidos trabalhos muito significativos, tem chamado muito a atenção não apenas do público em geral, mas também de instituições e empresas. Estas começaram a constatar os resultados que podem ser obtidos quando identificamos, valorizamos e potencializamos as qualidades das pessoas.

O saneamento das “lacunas” de competências e a atenção voltada para o que está errado nos empregados, começou a dar lugar a um foco direcionado ao que estes profissionais têm de melhor. As pesquisas mostram que, quando utilizam em sua vida e em seu trabalho suas qualidades mais valorosas, as pessoas acabam por:

  • ter uma curva de aprendizagem mais rápida,
  • apresentar melhores resultados nas atividades que executam,
  • gerar um fortalecimento para execução de suas tarefas no lugar de exaustão,
  • ter uma sensação de felicidade e bem-estar.

E a felicidade, hoje, a partir dos estudos da Psicologia Positiva – também chamada de Ciência da Felicidade – pode ser considerada um componente estratégico a nível organizacional. A pessoa mais feliz é aquela que alcança mais facilmente o sucesso. Estas descobertas fizeram com que houvesse uma inversão da ordem do universo organizacional, que, durante décadas, contemplou como verdade que quando as pessoas têm mais sucesso, elas alcançarão a felicidade.A pessoa mais feliz é aquela que alcança mais facilmente o sucesso. Estas descobertas fizeram com que houvesse uma inversão da ordem do universo organizacional, que, durante décadas, contemplou como verdade que quando as pessoas têm mais sucesso, elas alcançarão a felicidade.

É claro que os estudos das qualidades humanas e da felicidade não chamaram a atenção somente dos contextos organizacionais, mas também foram e estão sendo utilizados e aplicados em diversas áreas, tais como a educacional, social e até política, considerando. A Organização das Nações Unidas (ONU), inclusive, vem implementando ações junto aos países membros, para programas de melhoria do bem-estar das populações.

Pelas pesquisas que já foram feitas, conseguimos perceber que a identificação das forças de caráter e dos talentos humanos já eleva significativamente o bem-estar e a felicidade das pessoas, à medida que as permite identificar em si próprias qualidades positivas, contrapondo-se a uma postura arraigada de apenas focar em seus defeitos e déficits de competências.

Especialistas e estudiosos da Psicologia Positiva em todo o mundo, assim como eu, conscientes e sabedores desses benefícios que, hoje, a ciência nos oferece sobre a felicidade e as qualidades humanas, sentem-se responsáveis por disseminar este conhecimento para que, a cada dia, mais pessoas possam se reconhecer melhores, mais positivas e com vidas mais felizes, nutridas de bem-estar e significado.

out 29, 2015 | Posted by in Equilíbrio Emocional | 0 comments
Copyright 2015 - Sati Education. Todos os direitos reservados.